Post Cover
Roteiro em SERRA DO ITAQUERI
 ideal para 3 DIAS

20 cachoeiras para visitar na região de Brotas

Avatar do usuário

Por Marola com Carambola

Atualizado há 22 dias

Em busca de um destino para renovar as energias? Você precisa conhecer a Serra do Itaqueri, que está a 3h da Capital paulista. Assim, é fácil ir com a família ou amigos para curtir as férias, feriados ou até um final de semana.

Essa região é formada por 13 cidades, e entre as mais conhecidas, Brotas, Águas de São Pedro, Limeira e Analândia. Belas cachoeiras e muita natureza te esperam!

A maioria destas cachoeiras fica em propriedades privadas. São fazendas, sítios e ecoparques geralmente com boa infraestrutura e mais de uma opção de cachoeira para visitar.

Neste roteiro escolhemos mais de 20 cachoeiras que dá pra conhecer em 2 ou 3 dias de viagem pela região. Você vai adorar!

Cachoeira do Astor

Cachoeira do Astor
Divulgação

A primeira dica é para quem ainda não tem o espírito tão trilheiro, mas não dispensa a oportunidade de conhecer uma bela cachoeira. Para chegar até a Cachoeira do Astor você vai percorrer uma trilha curtinha, íngreme, com rampas e degraus de madeira, corrimão e cabos de aço.

Parece difícil, mas não é! São apenas 5 minutos de caminhada para então desfrutar de uma impressionante queda de 25 metros com um ótimo poço para banho. Outra vantagem é que sempre há alguém da fazenda por perto para oferecer o suporte que for necessário.

Dica dos locais

Outra vantagem é que sempre há alguém da fazenda por perto para oferecer o suporte que for necessário.


Cachoeira da Esperanza

No mesmo local, você ainda pode conhecer a Cachoeira da Esperanza percorrendo uma trilha de nível moderado com cerca de 40 minutos de caminhada.


Cachoeira Três Quedas

Cachoeira Três Quedas
Marola com Carambola

O nome já diz tudo. Lá no Sítio 3 Quedas dá pra visitar 3 cachoeiras, começando pela Cachoeira da Nascente, que tem um acesso muito fácil, 6 metros de queda e é excelente para banho.

A segunda é a Cachoeira da Andorinha, com 20 metros de queda. A trilha é fácil: são apenas 5 minutos de caminhada. Além disso, há uma passarela para ir debaixo da queda.

Ilustração
Marola com Carambola

Já a terceira, Cachoeira da Figueira, tem 47 metros de queda e nela dá pra praticar canionismo, o rapel das cachoeiras. Para chegar lá, há uma trilha de nível moderado e com 15 minutos de duração.

Dica dos locais

Lá tem até um banquinho para você sentar e relaxar embaixo da cachoeira, sentindo a força da água no corpo.

Ilustração
Marola com Carambola

Sítio Sete Quedas

No Sítio Sete Quedas tem mais de 2 km de trilhas em meio à mata nativa. Elas levam a três cachoeiras e três cascatas. Os trajetos são todos bem demarcados e dá pra fazer sozinho tranquilamente!

A primeira é a Cachoeira Bela Vista, com 25 metros de queda. A segunda é a Cachoeira dos Coqueiros, com 18 metros de queda e a terceira é a Cachoeira dos Macacos, com 35 metros de queda.

Dica dos locais

Além de curtir as cachoeiras e cascatas, no local é possível praticar arvorismo, canionismo e tirolesa.


Quer saber mais?

Por aqui, você fica sabendo de novos roteiros que encaixam com o seu perfil

Você receberá e-mails com conteúdos exclusivos do Visit SP. Para mais informações consulte as políticas de privacidade.


Ecoparque Jacaré

No Ecoparque Jacaré dá para visitar as primeiras quedas do famoso Rio Jacaré Pepira. Uma rápida e leve caminhada de 500 metros pela mata preservada te leva à Cachoeira São Sebastião, dentro da Fazenda Sinhá Ruth.

São 25 metros de queda. Ela é bem larga e tem uma piscina natural deliciosa!

Dica dos locais

A cachoeira fica ainda mais bonita se visitada em época de cheia. Imperdível.


Mais Ecoparque Jacaré

No mesmo local ainda dá pra visitar a Cachoeira Jacaré, com 38 metros de queda, e a Cachoeira das Meninas, com 25 metros de queda. Pra fechar, tem uma quarta, a Cachoeira do Patrimônio.


Recanto das Cachoeiras

Recanto das Cachoeiras
Marola com Carambola

No recanto podemos fazer duas trilhas para cachoeiras.

A primeira e mais tranquila é a da Cachoeira Santo Antônio, formada pelo Córrego da Roseira e com 20 metros de queda. A trilha tem apenas 800 metros e é adaptada para pessoas com mobilidade reduzida e cadeirantes.

Já a Cachoeira da Roseira é formada por dois córregos, o Tijuco Preto e o da Roseira. Ela tem uma queda magnífica de 55 metros e forma uma piscina natural. A trilha é de 1200 metros, conta com corrimão e chão de pedra. Nela dá pra praticar canionismo.

Dica dos locais

Além das cachoeiras, o Recanto permite a prática de arvorismo, tirolesa, cavalgada, quadriciclo e conta com um mirante maravilhoso. Dá pra passar o dia inteiro por lá!

Ilustração
Marola com Carambola

Ecoparque Cassorova

No Ecoparque Cassorova fica um dos cartões postais da região, a Cachoeira Cassorova. Aliás, essa é uma das mais bonitas de Brotas!

Ela é composta por duas quedas d'água: a primeira, com 42 metros e a segunda, com 18 metros. Elas formam uma piscina natural de até 6 metros de profundidade. A trilha é bem curta, tem fácil acesso, além de ser autoguiada e possuir corrimão.


Mais trilha

Já a Cachoeira dos Quatis tem uma trilha mais extensa, com 1500 metros no meio da Mata Atlântica. A queda é de 46 metros e também possui uma piscina para banho. É mais cansativo chegar lá, mas vale muito a pena pelo visual incrível.


Cachoeira do Martello - Sítio Pinheirinho

Cachoeira do Martello - Sítio Pinheirinho
Divulgação

O Sítio Pinheirinho tem duas cachoeiras abertas para visitação. A primeira é a Cachoeira Primavera, com trilha muito fácil de 200 metros e queda de 25 metros. Não é possível tomar banho, mas vale a pena a visita para apreciar a natureza.

Já a segunda é a famosa Cachoeira do Martello. Ela tem uma imponente queda de 50 metros e, apesar de curta, a trilha é de nível moderado.

Dica dos locais

Aproveite para se refrescar em suas águas e relaxar.


Ecoparque Saltão

No Saltão começamos com um deslumbrante mirante da Cachoeira do Saltão. Formada pelo Rio Passa Cinco, e com uma queda de impressionantes 75 metros, é só fazer uma trilha de escada de madeira, super conservada, para chegar até ela e poder tomar banho no lago que se forma abaixo da queda.

Já a Cachoeira do Monjolinho tem apenas 12 metros de queda, mas é excelente para banho na piscina natural e para relaxar.

A Cachoeira da Ferradura é formada pelas águas da Cachoeira do Saltão. São 47 metros de queda, mas o volume de água é pequeno.

Dica dos locais

Prepare-se, pois a trilha é de difícil acesso.


Cachoeira do Escorregador

Cachoeira do Escorregador
Divulgação

A Cachoeira do Escorregador é diversão garantida! Seu nome já entrega o que vamos encontrar.

Ela é dividida em duas partes e a primeira tem um escorregador com 30 metros de extensão e 20 metros de largura, além de uma piscina natural bem grande com 2 metros de profundidade.

A segunda parte tem uma queda livre de 7 metros e forma uma piscina de 1,20m de profundidade. A trilha é bem curta e de fácil acesso. Excelente passeio para todas as idades!

Quer saber mais?

Por aqui, você fica sabendo de novos roteiros que encaixam com o seu perfil

Você receberá e-mails com conteúdos exclusivos do Visit SP. Para mais informações consulte as políticas de privacidade.