Post Cover

20 atrações esportivas imperdíveis no Circuito Entre Serras e Águas

Avatar do usuário

Por Visit SP

Atualizado há 22 dias

Rios, cachoeiras, serras e parques abundantes na região convidam à prática de atividades em que diversão e adrenalina não faltarão

Está na Capital, em Campinas ou Guarulhos, tem algumas horas ou dias disponíveis e quer fazer um programa diferente? Se você é fã de aventuras e esportes ao ar livre, vai adorar a região chamada Entre Serras e Águas, que engloba os municípios de Bragança Paulista, Guarulhos, Joanópolis, Mairiporã, Nazaré Paulista, Pedra Bela, Pinhalzinho, Piracaia e Tuiuti.

O circuito permite a prática de esportes com diferentes níveis de adrenalina, seja você mais corajoso ou mais moderado. Eles podem ser feitos individualmente em poucas horas, ou reunidos em um roteiro incrível para um de fim de semana ou feriado!

As atividades estão divididas em três categorias diferentes: muita adrenalina, adrenalina mediana e pouca adrenalina. Certamente terá uma opção do jeitinho que você mais gosta! Confira agora mesmo:

Muita adrenalina – haja coração!

Se você gosta de se jogar, literalmente, as opções listadas abaixo são para você. Aqui, emoções fortes estão garantidas. Não diga que não avisamos!


1- Altura e velocidade na maior tirolesa das Américas

1- Altura e velocidade na maior tirolesa das Américas
Divulgação

A fofíssima cidade de Pedra Bela abriga nada menos que a maior tirolesa das Américas. Nessa atividade, o aventureiro se desloca de um ponto a outro deslizando em uma linha aérea. São 1.800 metros de extensão, a uma altura de 130 metros. A velocidade média pode chegar a 80 km/h! É uma ótima forma de curtir o visual de uma forma completamente nova!


2- Para cima e além

Ainda no município de Pedra Bela, o esportista em busca de adrenalina pode treinar seu equilíbrio, concentração, força e coordenação fazendo escalada. Com 130 metros de altura, a Pedra Maria Antônia é o destino certo para esses aventureiros. O local oferece vias de variados graus de dificuldade, ideais tanto para cursos e escaladores iniciantes quanto para experientes.


3 - Para baixo todo santo ajuda?

Uma antiga pedreira em Mairiporã, a Pedreira do Dib tornou-se o paraíso do esporte radical. Uma das modalidades mais praticadas por ali é o rapel, uma técnica de descida vertical com cordas. São 108 metros de descida, considerada a maior do estado. Adrenalina pura no coração da Serra da Cantareira.

Dica dos locais

No portal de turismo do município há informações sobre agências que realizam o passeio: http://www.mairipora.sp.gov.br/tur/


4 - Livre como um pássaro

A Serra do Lopo divide os estados de São Paulo e Minas Gerais e faz a alegria dos aficionados por esportes radicais. Uma das modalidades muito populares por lá é a asa delta, um planador aerodinâmico. São duas rampas: a primeira mostra as belezas e o esplendor de Joanópolis, enquanto a segunda descortina os encantamentos de Extrema, em Minas Gerais.

Dica dos locais

Faça o esporte com as agências locais.


5 - Flexibilidade e equilíbrio na prancha

 5 - Flexibilidade e equilíbrio na prancha
Divulgação

Já pensou em ser puxado por uma lancha? Essa é a ideia do wakeboard, um esporte náutico praticado sobre uma prancha em que a pessoa é puxada por um barco, com auxílio de um cabo e manete. Na Represa Jaguari, em Bragança Paulista, é possível fazer uma aula. Prepare-se para muita emoção e diversão em uma linda paisagem! Conheça a maior escola da modalidade no Brasil.


Quer saber mais?

Por aqui, você fica sabendo de novos roteiros que encaixam com o seu perfil

Você receberá e-mails com conteúdos exclusivos do Visit SP. Para mais informações consulte as políticas de privacidade.


6 - Obstáculos radicais na Cantareira

Que tal conhecer os encantos da Serra da Cantareira com velocidade e emoção? A dica é alugar equipamentos e pegar uma aula de como “pilotar” a bike nos muitos obstáculos das trilhas na Serra da Cantareira. Saiba mais no site.

Dica dos locais

Não custa lembrar, use sempre protetor solar!


Adrenalina mediana – emoção com limites

Se você faz o estilo mais moderado – gosta de emoções, alturas e velocidade, mas sem excessos, essas dicas são para você!


7 - Velocidade off road

7 - Velocidade off road
Prefeitura de Pedra Bela

Durante uma hora, um grupo é conduzido por uma estrada de terra do Portal de Pedra Bela até a Pedra Santa em potentes quadriciclos individuais. A diversão é garantida pelo clima off road, belas paisagens e vistas panorâmicas de cidades vizinhas.


8 - Descobrindo a floresta

8 - Descobrindo a floresta
Prefeitura de Guarulhos

Considerada a maior floresta urbana do mundo, a Cantareira abrange quatro municípios e conta com rica vegetação e animais silvestres. O Núcleo Cabuçu, em Guarulhos, tem como principais atrativos quatro trilhas: da Jaguatirica, com 1.000 metros de extensão; da Cachoeira, 5.220 metros; do Tapiti, 250 metros; e do Sagui, 730 metros.


9 - Diversão correnteza a baixo

9 - Diversão correnteza a baixo
Elias Gomes - expressão studio

Localizado a 18 km do centro de Joanópolis, o Parque Municipal da Cachoeira dos Pretos abriga a segunda maior cachoeira do estado de São Paulo. Nas corredeiras formadas pelo fluxo de água é possível fazer boia-cross. Pessoas de todas as idades vão adorar essa atividade molhada e cheia de emoção!


10 - Velocidade aquática

10 - Velocidade aquática
Elias Gomes - expressão studio

As águas calmas da Represa Atibainha, em Nazaré Paulista, são um convite aos apaixonados por esportes náuticos. Nada melhor do que alugar uma lancha ou um Jet Ski e curtir a velocidade e a bela paisagem. Há diversas marinas que têm serviço de locação de equipamentos. Confira uma delas.


11 – Esforço físico que compensa

A bela Piracaia é cercada por morros com vistas panorâmicas de tirar o fôlego. Para chegar ao cume, há trilhas pela mata que exigem esforço, mas o final compensa! Uma das mais bacanas é a do Alto da Boa Vista. São 5 quilômetros e a recompensa final é uma visão abrangente de Piracaia, seus rios e represas e a exuberante vegetação. Saiba mais aqui.


12 – Vistas espetaculares sobre duas rodas

12 – Vistas espetaculares sobre duas rodas
Elias Gomes - expressão studio

Com fácil acesso, a Represa Atibainha é ótima para um passeio de bicicleta. Vistas magníficas brindam o visitante, que pode optar por percursos de todos os níveis. Para iniciantes, o trajeto começa em Nazaré Paulista e termina no tradicional Bar do Taíde.

Dica dos locais

O Bar do Taíde é um ótimo lugar para uma refeição rápida ou mesmo um almoço. O local oferece buffet self-service e também porções e e salgados tentadores.


13 - De galho em galho

Atividade que atrai praticantes de todas as idades, o arvorismo consiste na travessia da copa de uma árvore para outra, por meio de plataformas e obstáculos. É uma forma incrível de turismo ecológico com adrenalina! Pode ser mais ou menos radical, depende de como o circuito foi montado. Em Mairiporã, diversas agências e hotéis oferecem a atividade.

Dica dos locais

Aproveite para respirar e curtir um pouco a natureza antes ou depois do passeio.


Baixa adrenalina

Não tem disposição para atividades radicais? Não tem problema! O Circuito Entre Serras e Águas também convida o viajante à prática de esportes bem tranquilos e contemplativos.


14 - Corrida no parque, um clássico atemporal (e essencial)

Para quem está de passagem por Guarulhos e não abre mão de praticar exercícios ao ar livre mesmo durante viagens de negócios, a dica é ir caminhar ou correr na pista de cooper do Bosque Maia, maior parque da cidade. São 3km de extensão. O parque fica pertinho do Aeroporto de Cumbica!


15 - Para se divertir com seu filho

15 - Para se divertir com seu filho
José Luiz - Prefeitura de Guarulhos

Essa é para quem está com criança: em uma região residencial e tranquila de Guarulhos, vale fazer um passeio de pedalinho no Lago dos Patos, curtir a natureza e relaxar. O serviço é gratuito e funciona para crianças, sempre acompanhadas de um adulto.


16 – A cavalo até a Pedra do Medo

 16 – A cavalo até a Pedra do Medo
Elias Gomes - expressão studio

Outro passeio bacana e tranquilo em Joanópolis é cavalgar até a Pedra do Medo. A trilha de 1h30 (ida e volta) presenteia o visitante com belos mirantes. Dá até para ver o Vale do Paraíba! Mas, atenção: trata-se de uma propriedade privada.


17 - Trabalhando o corpo e mente

Esporte da moda nos últimos verões, o Stand Up Paddle (SUP) tem tudo para continuar bombando nas próximas temporadas. Derivado do surfe, mas praticado em pé e com o auxílio de um remo, o esporte trabalha o corpo e a mente. Quer aprender? Na Represa Paulo de Paiva Castro, em Mairiporã, você pode fazer aulas e ficar craque na modalidade. Diversas agências ensinam o esporte, entre elas a Di Brasil Adventure.

Dica dos locais

Convide um amigo para vocês remarem juntos.


18 - Wimbledon versão Mairiporã

Que tal desfrutar o clima das montanhas aprendendo os macetes ou melhorando sua habilidade em um dos esportes mais elegantes, o tênis? Essa é a proposta no Tênis Pousada, em Mairiporã, que conta com doze quadras (inclui de saibro, cobertas e com piso flexível).


19 - De boa na lagoa

19 - De boa na lagoa
Elias Gomes - expressão studio

Uma ótima forma de relaxar e aproveitar o dia em contato com a natureza é por meio da pesca. Em Pinhalzinho, há quatro pesqueiros para você treinar suas habilidades de fisgar peixes.


20 - Strikes

Fazer uns strikes e se divertir no boliche é sempre um ótimo programa! No Bolix, localizado no Internacional Shopping de Guarulhos, há pistas completamente automatizadas com capacidade para até seis pessoas jogarem.

Veja também outros roteiros

Confira o que mais você pode fazer em São Paulo

Quer saber mais?

Por aqui, você fica sabendo de novos roteiros que encaixam com o seu perfil

Você receberá e-mails com conteúdos exclusivos do Visit SP. Para mais informações consulte as políticas de privacidade.