Post Cover

Roteiro pelo bairro boêmio e artsy de Santa Cecília

Avatar do usuário

Por Visit SP

Atualizado há 8 dias

As comidas, as bebidas, as festas e as plantas de um pedaço do Centro da cidade

Dez anos atrás, seria difícil imaginar que a Santa Cecília se tornaria um bairro hype em São Paulo. No entanto, os preços baixos e o processo de resgate do Centro de São Paulo atraíram para a região jovens interessados em cultura e numa vida noturna agitada.

Hoje a Santa Cecília é uma das áreas mais interessantes da cidade, que também abarca a Vila Buarque e um trecho dos Campos Elíseos.

Para ter um gostinho do que isso significa, siga o nosso roteiro e conheça algumas das atrações mais interessantes de Santa Cecília.

Barão de Tatuí

Arranjo Tropical
Divulgação

Uma das ruas que melhor sintetizam o bairro, a Barão de Tatuí e suas adjacentes reservam boas surpresas. Umas delas é a Banca Tatuí, uma banca de jornal que traz exclusivamente publicações independentes - sejam livros, quadrinhos, encadernados de design, fotografia e outras experimentações -, e o Studio Bergamin, uma boutique de decoração com itens que passam por uma curadoria rigorosa.

Entre os dois, fica a Arranjo Tropical, uma loja de arranjos prontos que garantem o colorido dentro de casa. Há combinações de diversos tamanhos por preços convidativos. Se estiver hospedado na casa de um amigo e quiser deixar um agrado, é uma opção imbatível.

Ainda na Barão de Tatuí, vale a visita à Galeria Pilar. Num bairro com diversas galerias de arte, a Pilar destaca-se por apostar na produção de artistas emergentes brasileiros e internacionais. Uma ótima chance de conhecer em primeira mão um futuro sucesso do mercado artístico.


Mastigue o mundo

Mastigue o mundo
Divulgação

Opções para o almoço não faltam na Santa Cecília. Um clássico do bairro é a Casa do Norte Luizão. Focada na comida nordestina, tem uma inusitada caipirinha de gengibre, cerveja gelada e o indispensável baião de dois, além de caranguejo.

Dica dos locais

Para os mais aventureiros, todos os dias o Luizão serve buchada de bode.


Comida Palestina

Comida Palestina
Divulgação

Há poucos metros do Luizão fica o Majâz. O restaurante serve comida palestina e tem entre as principais atrações o fatha, pão pita picado com tahine e amêndoas - há opções com shawarma de carne ou berinjela.

Dica dos locais

Peça para ver a carta de drinks que reserva surpresas como o coquetel da casa, Majâz, que leva Arak e cachaça.


Comida portuguesa e mesinhas na calçada

O Mirandês é um dos mais recentes queridinhos do bairro. Aqui, vale esperar por uma mesa na calçada para provar a culinária do norte de Portugal acompanhada de um vinho.

Dica dos locais

Alheiras e bolinho de bacalhau são entradas certeiras; de principal, há diversas opções de bacalhau.


De norte a sul

De norte a sul
Divulgação

De volta aos sabores brasileiros, o Conceição Discos e Comes tem uma variedade de preparos com arroz que abarca ingredientes de Norte a Sul do país. Cada dia há opções diferentes, como arroz de pato, bacalhau e baião de dois. No Conceição também há discos de vinil à venda.

Dica dos locais

Prove o pão de queijo recheado com pernil e ovo, que é fixo no cardápio.


Inspiração italiana

Inspiração italiana
Share Eat

Para uma experiência mais clássica, vá de Così. Instalado na Santa Cecília desde antes do atual momento de fama, o restaurante oferece serviço tradicional e uma rica cozinha de inspiração italiana. Peça a indicação de um bom vinho e a massa que melhor lhe acompanha.

Dica dos locais

Peça a indicação de um bom vinho e a massa que melhor o acompanha.


Quer saber mais?

Por aqui, você fica sabendo de novos roteiros que encaixam com o seu perfil

Você receberá e-mails com conteúdos exclusivos do Visit SP. Para mais informações consulte as políticas de privacidade.


Tradição das boas

Jhony's
Divulgação

O Jhony’s é um boteco típico de São Paulo que se tornou famoso por conta do filé à parmegiana com precinho bom. O movimento cresceu, e o Jhony’s virou rede: já tem quatro endereços na Santa Cecília.

Dica dos locais

Sentar ali para tomar cerveja faz parte da experiência do bairro.


Comida popular vegana e vegetariana

Comida popular vegana e vegetariana
Divulgação

O Boteco do Gois parece só mais um boteco de bairro para quem passa desatento. Mas o cardápio conta com opções veganas e vegetarianas por preços populares.

Dica dos locais

Se a fome for pouca, peça os salgados: coxinhas ou bolinhos de jaca com bacon de soja e kibe de queijo vegano.


Gelada ao ar livre

No Largo de Santa Cecília, coladinho à estação de metrô Santa Cecília, a ordem é sentar em uma das mesas de plástico do calçadão e aproveitar uma cerveja barata dos inúmeros bares. Para quem está com orçamento mais apertado, o segredo é ir de litrão.

Dica dos locais

A festa fica animada nas sextas, quando o samba começa às 20h.


Igreja de Santa Cecília

No Largo fica a Igreja de Santa Cecília, construída no final do século 19 e com grandes murais pintados por Benedito Calixto e Oscar Pereira da Silva. No bairro, também há a Paróquia Imaculado Coração de Maria. Datada do mesmo período, destaca-se pelas pinturas de Arnaldo Mecozzi e Vicente Mecozzi.

Dica dos locais

Dentro da paróquia, encontra-se um órgão de mais de 100 anos que foi instrumento da pianista Guiomar Novaes.


Passeio da tarde

Elevado Bar
André Tambucci - Fotos Públicas

Nos fins de semana, o Elevado Costa e Silva fecha para o trânsito de carros para virar um grande espaço de prática de esportes e passeios. O Minhocão, como é conhecido, fica livre do trânsito às 15h do sábado e só reabre 6h30 da manhã de segunda.

Dica dos locais

Alugue bikes para percorrer o Minhocão. A hora do pôr do sol é perfeita para fotos.


Vinho

Vinho
Divulgação

Colado ao Minhocão e com nome inspirado nele, o Elevado Bar é um espaço para beber vinhos em taça. O modelo permite experimentar uma variedade de rótulos, que vão perfeitamente bem com os queijos e embutidos fatiados na hora.


Pausa para descanso

Com tanta andança, é necessário parar um pouco. Aproveite para tomar um café na Takko Café. As bebidas são preparadas de diversos métodos, mas pode ir no tradicional coado que os grãos provenientes de pequenos produtores são garantia de qualidade.

Dica dos locais

Prove um dos quitutes do lugar para acompanhar o cafezinho.


Mais cafeína

Mais cafeína
Divulgação

O Isso é Café tem uma proposta um pouco diferente. Além de servir café em diversos preparos, eles vendem uma ampla variedade de blends para serem feitos em casa.

Para um clima mais verdejante, vá ao Quintal do Centro, um aconchegante local que, além de vender plantas, serve café, comidinhas e almoço, com algumas opções vegetarianas e veganas. O Quintal é o irmão mais novo do Jardim do Centro, espaço bem maior e com proposta semelhante.

Dica dos locais

Confira a agenda do Isso é Café pois há ainda cursos de barista e latte art.


Sítio do Picapau Amarelo

Sítio do Picapau Amarelo
Sylvia Masini

Em frente ao Jardim do Centro fica a Praça da Vila Buarque.

A área tem parquinho com diversos brinquedos para crianças e costuma receber eventos de produtores independentes de diversos setores, desde moda até gastrononia.

Na praça fica a Biblioteca Monteiro Lobato. Além de incentivo à leitura,o espaço conta com um grande salão com uma espécie de instalação ao Sítio do Picapau Amarelo. É fácil ver a criançada sem tênis correndo para cima e para baixo entre as grandes reproduções da Cuca e Emília.


Para os formiguinhas

Para os formiguinhas
Divulgação

Na hora de adoçar a boca, nada melhor do que a Fioca Confeitaria Saudável. Com foco em ingredientes orgânicos, pouco açúcar e alguns preparos que não levam glúten ou lactose, os belos bolos e tortas do Fioca são imperdíveis - seja um simples bolo de fubá com caramelo e canela ou um rebuscado bolo de iogurte com geleia de frutas vermelhas.


Hora da festa

Kaia
Divulgação

A noite é um dos principais atrativos da Santa Cecília. Há inúmeras propostas que atendem a gostos variados, mas o Kaia é unanimidade. Com som alto que vai do rock a música brasileira, o Kaia traz boas opções de drinks e cervejas.

Dica dos locais

As comidas são bem saborosas - a batata frita com ragu de carne é sucesso.


Balada com drinks

Caracol Bar
Divulgação

Não muito longe, o Caracol Bar tem mais clima de balada. Sempre com discotecagens interessantes, o estabelecimento foca a atenção na carta de drinks.

Dica dos locais

A inusitada arquibancada nos fundos do bar é espaço perfeito para sentar mesmo nos dias mais cheios.


Balada neon

Balada neon
Divulgação

Outro bom lugar para drinks é o Buraco. As luzes neon de tons rosados dão o clima intimista. Sente-se no balcão e arrisque o Gojira. O nome é uma referência ao monstrengo Godzilla e leva rum, suco de limão, gengibre e matchá.

Dica dos locais

Sente-se no balcão e arrisque o Gojira. O nome é uma referência ao monstrengo Godzilla e leva rum, suco de limão, gengibre e matchá.


Cerveja a Granel

Cerveja a Granel
Divulgação

Cansou de drinks? Que tal um chopp no Cerveja a Granel? São 19 torneiras que trazem uma rotatividade constante de marcas. Por ali, o esquema é o autosserviço. Você coloca créditos em um cartão e serve-se da maneira que preferir, com ou sem colarinho.


Cabaret da Cecília

Para finalizar, não deixe de conhecer o Cabaret da Cecília. Escondido atrás de uma pequena entrada, o Cabaret traz um clima da França de meados do século 20, com apresentações musicais, de dança, teatro e, é claro, bons e clássicos drinks.

Quer saber mais?

Por aqui, você fica sabendo de novos roteiros que encaixam com o seu perfil

Você receberá e-mails com conteúdos exclusivos do Visit SP. Para mais informações consulte as políticas de privacidade.